A TROVA É UMA CACHAÇA - PALESTRA INTEGRA


A TROVA É UMA CACHAÇA,

Por Flávio Stefani


1. A TROVA É UMA CACHAÇA, livro com prefácio de Lisete Johnson, e um final inusitado em que conto exatamente como fui cair no mundo da trova (sim, porque eu poderia ter caído no mundo do xadrez, no mundo da música, do futebol, etc etc), que seria lançado em abril-20, devendo agora ser lançado em dezembro. Por ter um título um pouco estranho e inusitado, transformei-o em uma divertida palestra, enfocando trovas que tenham por tema CACHAÇA ou BEBIDA.

2. TROVA.

Muito conhecida por quadra, quadrinha, versinho, etc., a trova é, na verdade, um gênero poético de 4 linhas ou versos setissilábicos, rimando o 1º com o 3º e o 2º com o 4º e expressando um pensamento completo. Sem título, no máximo um tema. Sem explicação de espécie alguma. Quando muito, um tema.

Exemplo: Quando os lábios não se tocam,

no momento da partida,

são sempre os olhos que trocam

o beijo da despedida.

DAVID DE ARAÚJO+

3. A PRÉ-HISTÓRIA DA TROVA NO BRASIL

O trovador Adelmar Tavares, natural de Recife, em 1907, então com 18 anos de idade, lançou DESCANTES. Donde foram extraídas as trovas a seguir:

É' nossa alma uma criança, que nunca sabe o que faz, quer tudo que não alcança, quando alcança, não quer mais.

Ó linda trova perfeita,

que nos dá tanto prazer.

Tão fácil depois de feita,

tão difícil de fazer...

4. HISTÓRIA DA TROVA NO BRASIL

Creio que a verdadeira história da trova, no Brasil, inicia em 1948, quando Luiz Otávio, então com 32 anos de idade, começa a corresponder-se com centenas de trovadores de todos os recantos do país, até organizar uma coletânea de trovas que resultou, em 1956, na obra MEUS IRMÃOS OS TROVADORES


Trova de Luiz Otávio:

Às vezes o mar bravio dá-nos lição engenhosa: afunda um grande navio, deixa boiar uma rosa!

Em 1958, conheceu Rodolpho Coelho Cavalcante, fundador e Presidente do GBT – Grêmio Brasileiro de Trovadores, com sede em Salvador\BA, tornando-se delegado para a região Sul \ Sudeste. Em 1960, juntamente com J. G. de Araújo Jorge, criou os Jogos Florais de Nova Friburgo, cuja trova vencedora (Tema AMOR) foi esta:

Não me chames de senhor

Que não sou tão velho assim,

E ao teu lado, meu amor,

Não sou senhor nem de mim.

Rodrigues Crespo – BH

Em 1966, após divergências com Rodolpho, Luiz Otávio, com o apoio de trovadores de toda a região Sul-Sudeste, fundou a UBT – União Brasileira de Trovadores, que logo expandiu-se para todo o país, tornou-se uma das maiores e mais organizadas entidades culturais do mundo.

Ora, uma história assim tão fantástica, vai criando na gente uma espécie de vício, um vício bom, tal como é a cachaça bebida genuinamente brasileira que, sorvida em pequenas doses, em certos horários e de vez em quando, é, convenhamos, muito boa.

Por isso, eu associei a trova à cachaça, e fui construindo, aos poucos, o titulo de um livro e depois de uma pequena palestra, chamado e chamada A TROVA É UMA CACHAÇA.


5. TROVAS.

Os trovadores sempre se ocuparam do tema BEBIDA para compor suas trovas. É por isso que apresento, a partir de agora, algumas trovas.

FILOSÓFICAS

Quem já foi homem de bem, e se fez trapo na vida, sabe as lágrimas que tem cada copo de bebida... ALOÍSIO ALVES DA COSTA - Nova Friburgo


Ante um copo de bebida o homem sela sua sorte: um passo a menos na vida, um passo a mais para a morte...


Um pai ébrio. Um infeliz vagão que foge dos trilhos, deixando uma cicatriz no coração de seus filhos. ARGETINA DE MELLO E SILVA - Curitiba

LÍRICA

Se a cachaça é teu capricho,

deixando a vida um furor,

bota a cachaça no lixo

e toma uns goles de amor!

FLÁVIO ROBERTO STEFANI - RS

Mas o tema cachaça ou bebida, convenhamos, serve muito mais à trova humorística do que a qualquer outro gênero, e é por isso que essa conversa ou palestra dá uma guinada neste momento, para o lado do humorismo, eis que de tristeza e pandemia já estamos cheios...

Lembro aqui, um fato inusitado, que aconteceu logo após à fundação e instalação da UBT, durante uma festa de trova, na cidade de Juiz de Fora\MG. A fundação (de brincadeira, é claro) da UTB – UNIÃO DOS TROVADORES DE BAR. Conta-se que, numa noite, ao redor de uma mesa de bar, os trovadores Alves da Costa, Colbert Rangel Coelho, Dormevilly Nóbrega, Hegel Pontes, João Rangel Coelho, José Carlos de Lery Guimarães, Mário Peixoto e Roberto Medeiros, escreveram o estatuto da UTB, do qual extraio alguns trechos:

APERITIVO

No centenário glorioso

de Mestre Olavo Bilac, pondo de lado o repouso e a trova e a pinga em destaque,


uma turma de opinião, sem temer broncas no lar, resolveu fundar a UNIÃO DOS TROVADORES DE BAR.


E para efeito legal, nosso Estatuto prevê que a sua razão social tenha por sigla U. T. B.


Mas para ser utebista no exercício das funções, é preciso ter em vista as seguintes condições:

......................

Tombo 1º - Para que não se bitole uma trova bem bolada, entre um gole e um outro gole não se deve beber nada.

Tombo 2º - Para fins de bebedeira, um UTEBISTA suspende a luta, na sexta-feira, começando o seu “uísque..end”.

Tombo 3º - Deixar propinas estraga a nossa festa pagã. A gorjeta de hoje paga a bebida de amanhã.

Tombo 4º - Se atacado de cirrose e o mal no leito o detém, é bom tomar uma dose, enquanto a morte não vem.

COPO DE BORCO E depois de beber tanto, prevenindo qualquer mal, o boêmio tem um santo no infalível SÃO...RISAL.

Obs.: Dizem que, de tão bêbados, os trovadores acabaram esquecendo tal ‘ESTATUTO’ na mesa do bar, recolhido, depois, por um garçom (salvador) e entregue aos trovadores.


TROVAS HUMORÍSTICAS SOBRE CACHAÇA OU BEBIDA:


Até parece chalaça,

Mas a vida é mesmo assim:

Eu não gosto de cachaça;

Ela é que gosta de mim!

DURVAL MENDONÇA

Explica um ébrio à comadre,

Quando conselhos recebe:

Eu sigo o exemplo do padre,

Que até na missa ele bebe...

ANÔNIMO

Missa em curso e o sacristão

Põe cachaça em vez de vinho,

E o vigário, no sermão,

Chama o Papa de Chiquinho...

DULCÍDIO SOBRINHO

Sempre foi tão reverente

E tão pegado à etiqueta,

Que quando morre um parente,

Só toma cerveja preta.

JOÃO RODRIGUES

Beber com fé é o Manoel

quando aos seus santos se agarra:

De dia "San Raphael",

de noite..."São João da Barra"!

EDMAR JAPIASSU MAIA

Eu li tanto sobre o mal

Resultante de beber,

Meus amigos, que, a final,

Resolvi deixar de ler...

ENO TEODORO WANKE

Ao vir de fogo recua

Gritando, após à topada:

- Que faz um poste na rua

Às duas da madrugada?

THERESINHA BRISOLLA

Se a cachaça é uma fraqueza,

adoro viver fraquinho!

E pra aumentar a moleza,

me bota mais um traguinho.

JOSUÉ VARGAS FERREIRA

Preso em flagrante arruaça,

diz num sonoro impropério:

-Prendam também a cachaça,

que é quem me tira do sério!

MARIA MADALENA FERREIRA

Que genrinho inteligente!

Bebeu uma vez na vida...

Viu duas sogras na frente,

nunca mais topou bebida!

ELTON CARVALHO

Tanta bebida consome

o Procópio, que o filhinho,

fazendo jus aos seu nome,

atende por..."Pro...copinho"!!!

ALOISIO ALVES DA COSTA

Jurou não mais ver bebida

e agora, pobre coitado,

durante o resto da vida,

só bebe de olho fechado!

JOSÉ GOMES PIMENTA

Pensei ser poeta abstêmio...

Diz "Não", o Flávio e comprova:

- Tu tens um vício, que é um prêmio.

A tua cachaça é a trova!

THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA

Fazer trova é dom...é graça...

Desce o Santo e me socorre...

E já que a trova é cachaça.

passo os meus dias... de "porre"

THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA

Seu guarda, só tomei duas,

não sei se o senhor percebe,

mas o diabo dessas ruas

são estreitas pra quem bebe!

JOSÉ LUCAS DE BARROS

-Boteco é a maior desgraça

diz o padre, em tom agudo...

Acabem com a cachaça...

Grita o bebum:- Eu ajudo!

CAMPOS SALES

Depois de tomar uns "treco"

para aquecer a "moringa",

o trovador de boteco

"soluceia"...e a rima pinga!

A.A.DE ASSIS

De remédio tem mania.

mas vício...não tem nenhum!...

-Toma mil gotas por dia...

da erva "Cinquenta e UM"!...

CLENIR NEVES RIBEIRO

Cai lá fora a chuva fina,

mas não aguento a "moringa".

Me abrigo no bar da esquina.

onde não chove...só pinga...

PEDRO ORNELLAS

Minha mulher só reclama, na cama, já nem me abraça... Diz que enquanto acende a chama eu me apago na cachaça! MÁRIO MOURA MARINHO

Tudo sobe! Que desgraça! Gasolina, açúcar, sal... mas, se subir a cachaça... eu puxo a greve geral! MANOEL CAVALCANTE

- Cachaça traz morte lenta! Falou a esposa, possessa. E o sujeito nem esquenta... - Quem disse que eu tenho pressa?! JERSON LIMA DE BRITO

Isto se dá com cachaça, com mulher e artigo raro: - às vezes, quando é de graça, o preço sai bem mais caro. SERGIO FONSECA

Um amigo da bebida

dizia em tom de chalaça:

- As quatro ilusões da vida,

são três:- Mulher e cachaça!

IVO DOS SANTOS CASTRO

Muito obrigado, 10.09.20 – 54 anos de fundação da UBT Curitiba.

102 visualizações0 comentário